> > > Apartamento Rosa

Apartamento Rosa

Apartamento Rosa
Localizado na asa sul, em Brasília (DF), o Apartamento Rosa ganhou espaços amplos e modernos Foto/Imagem:Júlia Tótoli

Lar repaginado

Um jovem casal com uma filha pequena buscou a CoDA arquitetos para ajudar na reforma do novo lar – o Apartamento Rosa –, com a premissa de ambientes amplos, integrados e que atende às necessidades da família. O novo programa eliminou a dependência completa de empregada (DCE) e um dos 3 quartos originais, e passou a incluir uma suíte, um escritório integrado à sala e uma cozinha voltada para a área social.  

Segmentação dos espaços

A madeira e o concreto aparente modernizaram os ambientes Foto: Júlia Tótoli 

Ponto chave do projeto, a sala passou a integrar tanto a cozinha como um dos quartos antigos, ganhando assim um espaço amplo e flexível. Neste ambiente estão as salas de estar, jantar e cinema, escritório e cozinha. A divisão dos ambientes é demarcada pelas colunas e vigas de concreto agora exposta durante o processo de obra. Para abrigar a volumosa biblioteca do casal, ambos acadêmicos, foram propostas duas estruturas fixas: as prateleiras acima da bancada do escritório e os nichos sob o banco de concreto, construído ao longo da janela principal. 

O resultado é uma sala com poucos elementos fixos, que proporciona flexibilidade de usos, incluindo a possibilidade projeção de filmes na parede branca, o uso em formato de estar sem TV, e o uso de jantar para mais pessoas.

A parte molhada do projeto foi otimizada na fachada posterior e incluiu a reformulação total das instalações hidráulicas e elétricas. A planta foi reorganizada para abrigar dois banheiros praticamente idênticos, um voltado para a sala, outro para a suíte. A lavanderia foi reposicionada atrás da cozinha, liberando o cobogó existente para ser avistado a partir da sala, proporcionando ventilação cruzada direta em toda a parte social.

A escolha dos materiais se deu tanto pela questão estética, uma busca por elementos naturais, preferência dos moradores, quanto pela viabilidade da obra. Optou-se por limitar o número de revestimentos a um mínimo e valorizar aqueles já existentes no espaço, como o concreto da estrutura, os cobogós da fachada e o piso de taco, em Peroba Rosa, que dá o nome do apartamento.


Escritório

CoDA arquitetos10 projeto(s)

Local: DF, Brasil
Conclusão da obra: 2021
Área construída: 79

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo