> > > Edifício Mansão Luciano Barreto Junior

Edifício Mansão Luciano Barreto Junior

Edifício Mansão Luciano Barreto Junior
Prédio de alto padrão não surpreende apenas pela arquitetura singular, marcada por movimentos que simulam as ondas do mar, mas pelos diversos sistemas de automação, responsáveis por controlar o empreendimento Foto/Imagem:André Moreira

Sinônimo de tecnologia

O imponente Edifício Mansão Luciano Barreto Junior torna-se o mais recente ícone de Sergipe, à medida que nasce ancorado em três pilares: a singularidade arquitetônica, a inteligência tecnológica e a qualidade de materiais. Premissas que fazem desse partido um verdadeiro divisor de águas no mercado imobiliário da região.

“O projeto foi concebido para atender aos anseios da classe ‘A1’, que procura um empreendimento de alto padrão, sinônimo de elegância, segurança, tecnologia e sofisticação. Um prédio que proporciona mais do que o conforto, mas o prazer de viver com exclusividade. Daí o investimento em soluções que facilitam e melhoram a vida dos moradores”, explica Antonio Caramelo, arquiteto.

A torre única compreende dezesseis pavimentos e duas unidades por andar com espacialidades variáveis – 343 a 443 m² – e hall privativo. Há, ainda, infraestrutura completa de serviços à disposição dos condôminos, como piscinas, SPA, fitness, bar / copa, salão de festas, quadras esportivas e grande área de lazer.

Ondas do mar

A plasticidade visual, que dá uma inconfundível identidade à fachada do partido, é facilmente compreendida pela originalidade e ousadia de formas, cujo movimento lembra o vai e vem das ondas do mar, logo a sua frente.

Nesse caso, a alvenaria, o concreto e o revestimento cerâmico criam harmonia entre os materiais tradicionais trabalhados, mantendo a beleza entre linhas e curvas.

“O vidro de alta performance, por exemplo, foi utilizado nas vedações e nos fechamentos de áreas internas da fachada para garantir estética, mas sem comprometer a visão privilegiada do terreno. Já internamente, nos espaços de convivência e lazer, conseguimos transmitir o requinte e a sobriedade por meio de materiais nobres e tradicionais, com um arranjo acertado e cuidadoso. Também exploramos o granito café e pastilhas vitrificadas, complementando a composição de fachadas. Já as peças de porcelanato de grande formato foram aplicadas nos pisos".

Automação

A automação é um capítulo à parte. Houve um grande investimento na aquisição de novas tecnologias de informação para dar suporte aos serviços oferecidos, integrando tudo em uma única rede de comunicação.

“Desde o início, a automação foi vista como um dos diferenciais mais marcantes do projeto. Não só a automação residencial voltada para as unidades habitacionais foi considerada, como o sistema de automação e supervisão predial das áreas comuns, que garantem ao empreendimento elevado nível de conforto, segurança e eficiência operacional no decorrer do seu uso”, afirma.

O edifício é o primeiro residencial do Nordeste a receber o selo GRAUTEC – Nível 3, conceituação máxima concedida pela Associação Brasileira de Automação Residencial (AURESIDE). Um empreendimento que segue a tendência de proporcionar conforto aliado à funcionalidade da tecnologia de ponta, como sistemas de segurança, entretenimento, iluminação e climatização. Tudo controlado via celular e pocket PC.

“Os benefícios vão desde um melhor uso e maior controle de equipamentos, com acionamento à distância até economia de tempo ao morador, que passa ter maior liberdade, conforto e praticidade; maior segurança, menor custo de manutenção, entre outras vantagens”, complementa.


Escritório

Caramelo Arquitetos7 projeto(s)

Local: SE, Brasil
Início do projeto: 2006
Conclusão da obra: 2009
Área do terreno: 3.900
Área construída: 9.648

Tipo de obra:
Edifícios Residenciais
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo