> > > Apartamento Ipiranga

Apartamento Ipiranga

Apartamento Ipiranga
Áreas bem aproveitadas e estilo industrial marcam o pequeno lar do arquiteto Bruno Moraes. O Apartamento Ipiranga foi repaginado com cimento queimado, tijolinhos, cobogós e outros materiais bem modernos Foto/Imagem:Luís Gomes

Lar de arquiteto

Foi por acaso que o arquiteto Bruno Moraes encontrou o local que seria seu novo lar. Ao caminhar por uma rua no Ipiranga, bairro paulistano onde cresceu, ficou curioso ao ver o estande de vendas de um novo edifício onde antes funcionava uma fábrica de panetones. Decidido a se aventurar, comprou e projetou cada canto dos 53 m² com um estilo contemporâneo e industrial. Com o passar do tempo, ele conheceu a esposa e, juntos, acrescentaram alguns toques na morada.

Mesmo com a metragem enxuta, o Apartamento Ipiranga – como foi batizado – conseguiu atender a todas as necessidades dos moradores. Os ambientes foram marcados por soluções que otimizaram os poucos metros quadrados e a estética industrial, como o efeito de cimento queimado no piso e no teto, a parede revestida de bricks, os dutos elétricos aparentes e outros detalhes.

Programa enxuto

No estar, a estante de vergalhão é uma das protagonistas do apartamento. Ela integra visualmente a sala e o espaço da antiga varanda, que se uniu à área social depois do envidraçamento. “Essa peça é dinâmica, com cubos metálicos iguais onde há a flexibilidade de criar prateleiras, nichos ou módulos fechados com o decorrer do tempo”, conta Moraes.

As estampas coloridas do tapete e das almofadas, os objetos de decoração e as plantas quebram a sobriedade da paleta cromática e refletem a personalidade jovial do casal. Uma poltrona com pufe define o canto de leitura, posicionado para aproveitar luz e ventilação naturais durante o dia.

Cobogós dividem o estar e o cantinho do violão sem criar uma barreira visual. As peças vazadas escoram um móvel que faz a vez de bar e bancada. Já o painel de madeira ripada, além de elemento decorativo, funciona como porta de acesso ao dormitório e esconde o guarda-roupa, que fica na sala.

O painel de madeira ripada, além de decorativo, funciona como porta de acesso ao dormitório e esconde o guarda-roupa, que fica na sala Foto: Luís Gomes

Outra solução para espaços pequenos foi o espelho na sala de jantar, que tem tripla função: disfarçar a parede do lavabo, dar a sensação de amplitude e criar um efeito divertido com os pendentes refletidos. Ao redor da mesa, um trio de cadeiras e um banco estofado permitem receber vários convidados com conforto.

Segundo o arquiteto, antes da reforma do Apartamento Ipiranga, a cozinha e a lavanderia tinham o mesmo tamanho. “Optei por diminuir a área de serviço, a fim de ampliar a bancada e ter gavetas extras na cozinha. O ambiente ganhou revestimento esmaltado branco, marcenaria cinza claro e tampo de quartzo branco. O cooktop fica do lado direito, mais próximo da mesa de jantar, para que possamos interagir com nossos convidados enquanto cozinhamos”, revela.

Atrás da porta com estilo retrô fica a lavanderia de apenas 3 m². Para torná-la prática e organizada, foram usados tampo com tanque embutido e varal elétrico, que por sua vez conta com um sistema de automação, que pode ser acionado através de controle remoto.

No lavabo, a parede do espelho revestida com porcelanato que imita aço corten chama a atenção. A iluminação atrás do espelho “flutuante” realça a textura e o pendente de corda.

O canto do casal

Como a parede e o teto do dormitório trazem o efeito de cimento queimado, a cabeceira foi executada em laca branca, material que dá leveza e uma sensação de amplitude. Um detalhe romântico está sobre a cama, que traz um trecho da música “Aonde quer que eu vá”, da banda brasileira Os Paralamas do Sucesso, que fez parte do pedido de casamento.

Intensificando a temática industrial, a elétrica do ambiente foi trabalhada com dutos aparentes e o pendente é sustentado por uma roldana metálica. O criado mudo recebeu um acabamento em folha de freijó linheiro, o mesmo do painel ripado que dá acesso ao quarto.

Por fim, o banheiro do casal acompanha as cores e os materiais do apartamento, com revestimento esmaltado cinza, bancada de quartzo branco e marcenaria em madeira.


Escritório

Bruno Moraes Arquitetura e Interiores4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área construída: 53

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo