> > > Casa Gloma

Casa Gloma

Casa Gloma
A Casa Gloma, localizada em Portugal, pertence a uma jovem família que desejava um lar que fosse conectado com o exterior. Sua arquitetura é marcada por curvas e linhas sinuosas Foto/Imagem:Hugo Santos Silva

Traços sinuosos

Em um terreno com suave declive e dimensões limitadas está a Casa Gloma, assinada pelo estúdio Bruno Dias Arquitectura.O projeto arquitetônico  localizado na cidade de Leiria, em Portugal, e enaltece uma arquitetura diferente do que comumente é vista nos bairros portugueses: curvas e as linhas sinuosas que envolvem todos os espaços.

O contato permanente com a natureza definiu a implantação da morada de 420 m², que se organiza em um único e principal eixo (térreo). Esse eixo dá sentido aos espaços que, além de resolver todo o programa da casa, é o elemento que limita as áreas social, íntima e de serviços.

Os arquitetos buscaram desenvolver grandes vãos que se abrem para o exterior, conectando os moradores com o cenário do entorno. A cozinha e as salas de estar e jantar são ambientes totalmente conectados e se estendem à paisagem. Já a área íntima ganhou aberturas que, por dentro, estão disfarçadas com cortinas para proporcionar privacidade aos moradores.

As aberturas permitem uma conexão com a natureza, promovendo o bem-estar dos moradores. Além disso, proporcionam iluminação e ventilação naturais que mantêm o conforto térmico dentro dos ambientes.

A disposição dos móveis priorizou a fluidez entre os espaços Foto: Hugo Santos Silva

Materialidade leve

A casa parece estar pousada sobre o terreno, uma vez que está elevada do chão. Sua construção conferiu uma sensação de leveza que é intensificada com a utilização do concreto aparente, grandes painéis de vidro (no exterior) e madeira (no interior).

A transparência dos vidros permitiu que os proprietários aproveitassem toda a beleza natural, transformando-se em um perfeito refúgio. As estruturas de concreto aparente em linhas curvas marcam a fachada da casa, conferindo movimento ao projeto. E a madeira, presente no chão e no mobiliário, modernizou os espaços.

No projeto de interiores, o escritório buscou exaltar o minimalismo. Os três dormitórios e as áreas de estar e de serviços foram desenhados para priorizar a fluidez entre si e com a paisagem envolvente. A sala de estar é o coração da casa, por isso, a equipe destacou um elemento para esse espaço de lazer: a vista para a paisagem.

Os móveis integrados contrastam com as texturas irregulares e as cores intensas do piso em parquet e do teto de concreto aparente.


Escritório

Bruno Dias Arquitectura1 projeto(s)

Local: LI, Portugal
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2019
Área construída: 420

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo