> > > Casa JCA

Casa JCA

Casa JCA
Fluidez espacial, conexão com o exterior e paisagem particular compõem a Casa JCA – assinada por Bernardes Arquitetura Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Clima de lazer

Pensada para ser uma morada de veraneio, a Casa JCA – que está localizada no coração da Bahia, em Trancoso – teve projeto sob comando da Bernardes Arquitetura. A premissa era idealizar um projeto com 967 m² com uma organização espacial contemporânea, sem perder a essência regional. 

Sustentabilidade

Desenvolvida sobre uma estrutura comprida de madeira cumaru elevada do chão, a residência está organizada em dois volumes independentes. A casa acontece em apenas um pavimento para evitar maior interferência na paisagem local.

A área de lazer é complementada por uma extensa área verde Foto: Leonardo Finotti 

O volume de menor dimensão abriga a área de serviços, cozinha, lavabo e a suíte máster, e no volume maior, as cinco suítes. Uma grande cobertura feita em duas águas e de projeção retangular unifica os volumes e cria novos espaços com grandes pés-direitos que dão lugar às salas de estar e jantar além das galerias de circulação.

No subsolo estão locados outros ambientes de serviços e uma sala íntima com home theater. E o grande deck em madeira conecta a residência à piscina e ao anexo de lazer e convivência localizado na outra extremidade do terreno.

Soluções inteligentes

O principal objetivo do projeto da Casa JCA era construir um grande tablado de madeira cumaru que tivesse o mínimo contato com o solo por dois motivos: primeiro, para evitar a umidade, tendo em vista o lençol freático do litoral; e segundo, a presença de muitos insetos e animais rastejantes nos arredores.

Os arquitetos priorizaram a ventilação cruzada que mantém o conforto térmico dentro dos ambientes, esse sistema foi possível devido a amplitude dos espaços e das amplas aberturas.

Além disso, a integração entre exterior e interior se deu através de decisões projetais, como: a continuidade do piso do exterior para o interior; permeabilidade dos fechamentos – cobogó de madeira ao longo da fachada de toda a galeria de circulação que tem a função de filtrar a iluminação solar e, ao mesmo tempo, gerar privacidade; esquadrias com venezianas nos quartos; planos de vidro garantindo transparência e possibilidades de aberturas totais na área comum; e a criação de jardins internos nos acessos às suítes.

O escritório também optou por soluções que evocam as ambiências das casas da região. O telhado de barro em duas águas contrasta com a ousada estrutura de madeira e as áreas social e íntima possuem relação direta com o exterior, conectando os moradores com o exuberante cenário paisagístico natural.


Escritório

Bernardes Arquitetura14 projeto(s)

Local: BA, Brasil
Conclusão da obra: 2013
Área construída: 967

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo