> > > Casa ABK

Casa ABK

Casa ABK
Os moradores da Casa ABK convidaram, novamente, a equipe da Bernardes Arquitetura para ampliar os espaços sociais e íntimos Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Ampliação dos espaços

Projetada em 1960 pelo arquiteto Sergio Bernardes (Bernardes Arquitetura), a Casa ABK encontrava-se em um estado precário. Na época, foi idealizada para permitir que a maior parte dos sistemas de controle ambiental fosse usado, passivamente, colchões de ar entre as superfícies do telhado e do teto, dos brises móveis e outros.

Com o novo convite – em 2016 –, grande parte das características espaciais e dos materiais originais foram removidas em função de substituições descuidadas ou adição de certos elementos.

Além disso, a renovação visou recuperar as características originais da casa enquanto seus espaços, infraestrutura e desempenho energético eram modificados.

A sala de estar é totalmente estendida à área de lazer Foto: Leonardo Finotti 

Nova conceito

As áreas íntimas da casa foram ampliadas para acomodar as necessidades dos novos moradores. Todos os elementos de madeira, desde a escadaria de acesso aos brise-soleils, bem como seus componentes mecânicos, foram restaurados ao seu estado original e tornaram-se totalmente funcionais.

A estrutura e o fechamento da casa são rigorosamente modulados e construídos com componentes de concreto pré-fabricados, alguns dos quais foram severamente danificados.

O teto era composto por calhas de concreto que serviam de estrutura e elementos impermeabilizantes, apresentando numerosos pontos de vazamento e altas taxas de transmissão térmica. Para obter melhores índices de isolamento térmico, foi substituído por uma placa isolante de concreto separada do teto, recriando o espaço ventilado original entre elas.

A estrutura de pé-direito duplo do telhado da varanda também havia sido coberta com lajes de concreto, que foram substituídas por toldos retráteis e translúcidos que permitem que a área fique totalmente ao ar livre e deixe a luz solar atingir o interior da casa com mais intensidade. A piscina foi devolvida à sua localização original ao longo da parede de pedra do local e agora integra a varanda.

A infraestrutura de climatização e instalações elétricas e hidráulicas da casa foi totalmente substituída por novos equipamentos que reduzem o consumo de energia e água. Sua estrutura de concreto original, antes coberta de madeira, agora é coberta com pintura cinza isostática em folhas de alumínio.

Todo o piso das áreas sociais da casa é feito de granito cinza local, que se estende do interior para todas as áreas ao ar livre e piscina. As áreas íntimas (quartos) são cobertas com pedaços de 0,15 x 2 m de madeira cumaru. O telhado de concreto existente, feito de painéis de concreto pré-fabricados, foi substituído por um telhado com isolamento termoacústico para melhorar a impermeabilização e o desempenho térmico. Seu sistema de climatização articula as unidades split e convencional, respectivamente, para as áreas social e dormitório.


Escritório

Bernardes Arquitetura14 projeto(s)

Local: RJ, Brasil
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 570

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo