> > > Casa Jardim Prudência

Casa Jardim Prudência

Casa Jardim Prudência
Uma morada na zona sul de São Paulo ganhou mais luz, lazer a espaço após a reforma comandada por Antônio Armando Foto/Imagem:Mariana Orsi

Área de lazer como protagonista


Há 10 anos um casal arrematou uma casa de 241 m², sem grandes atrativos, na zona sul da capital paulista. Com o tempo e a chegada de três filhos, o imóvel sem áreas de lazer e com pouca permeabilidade para luz natural ficou antiquado. Foi nesse momento que o arquiteto Antônio Armando foi convidado para dar um novo “ar” para a Casa Jardim Prudência.

“O maior desejo deles era ter uma área de lazer aberta onde eles pudessem dar festas e ter espaço para a filha de seis anos brincar. Além da queixa de que a casa era triste por não ter luz natural em alguns cômodos, como por exemplo, a cozinha”, diz Armando, escolhido após reformar a casa dos pais da cliente.

A partir dessas queixas, o estilo clássico da casa foi substituído pelo contemporâneo e as áreas foram integradas.

Primeiros passos e reforma

A construção antiga ocupava todo o terreno. Além disso, como a parte dos fundos era cercada por muros com mais de sete metros de altura, o único espaço que sobrava era úmido e escuro.

Armando então decidiu que ali seria demolido para dar espaço à área de lazer, o grande trunfo da morada. Ela é separada na parte gourmet, onde ficam churrasqueira (feita em alvenaria, revestida em cimento queimado e com uma chaminé embutida na parte de dentro), geladeira, pia e mesa no estilo refeitório. Também conta com um banco de concreto in loco que preenche os cantos e ganhou almofadas personalizadas. “Foi um sucesso que todos amaram”, comenta Armando.

Para o revestimento, a escolha foi um porcelanato que imita cimento queimado para a área coberta, enquanto a descoberta recebeu a tradicional cerâmica avermelhada. Salvo isso, um material em especial chama atenção.

“A escolha da madeira maciça, a Garapeira, para a área externa se deu por alguns fatores: preço, rapidez na construção e beleza. A parte nova da casa foi feita praticamente toda em madeira. Utilizamos as vigas e os pilares em madeira.”

O banco de alvenaria é um dos destaques da área de lazer Foto: Mariana Orsi

Para manter a privacidade da casa mesmo nos dias de festa, a área gourmet ganhou um lavabo todo revestido com cimento queimado e azulejos nas paredes.

A cozinha também foi ampliada com a reforma. “Ali existiam um escritório, dependências de empregados e banheiros. Optamos por demolir e dar vazão a um novo espaço integrado com a sala de tv”. Mesmo ampliada, a cozinha ainda não recebia luz natural, e por isso Armando também construiu generosas aberturas para novas esquadrias

Resultado pós-reforma

Depois da intervenção de Antônio, a Casa Jardim Prudência ganhou outros ares. No pavimento inferior, ao chegar à residência, passa-se por um grande hall, que interliga a sala de estar, sala de jantar, cozinha e lavanderia.

Para manter a memória afetiva, Armando repaginou a maioria dos móveis. No hall o aparador ganhou uma nova cor; na sala de estar quase todos os móveis foram reaproveitados (menos a mesa de centro, feita de madeira). Somente na cozinha que todos os móveis foram feitos com marcenaria sob medida.

Por fim, no pavimento superior ficam as duas suítes e os dois dormitórios com um banheiro.


Escritório

Antonio Armando de Araújo1 projeto(s)

Local: SP, Brasil

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo