> > > Stiefel GlaxoSmithKline

Stiefel GlaxoSmithKline

Stiefel GlaxoSmithKline
O novo ambiente corporativo da Stiefel GlaxoSmithKline, desenvolvido pela Andrade Azevedo Arquitetura, conta com layout diferenciado e comunicação visual que ressalta a identidade da empresa Foto/Imagem:Luiz Fernando Macian

Ambientes interativos

Voltada exclusivamente à dermatologia, a Stiefel (SP), uma das companhias da multinacional farmacêutica GlaxoSmithKline, possui um projeto de interiores que se destaca pelo método de ocupação conhecido como smart open office. Concebido pelo escritório Andrade Azevedo Arquitetura, o layout promove a interação entre os funcionários e, com o reforço da comunicação visual, os valores e o campo de atividade da empresa são ressaltados.

Para compreender e adaptar as diretrizes do conceito à realidade no Brasil, uma equipe do escritório de arquitetura, composta por mais de vinte colaboradores, foi convocada para visitar o edifício-sede da empresa em Londres e os outros escritórios instalados nos Estados Unidos.

“Precisávamos entender não somente as diferenças culturais, como, sobretudo, escolher os devidos materiais e produtos, sem infringir as normas da legislação brasileira em relação à densidade da ocupação”, explicam os arquitetos Claudia Andrade e Marcos Azevedo. “Isso porque, enquanto alguns países europeus adotam, aproximadamente, 3 metros de distância entre as estações de trabalho, o Brasil emprega cerca de 2 metros apenas”, complementam.

Smart open office: espaços interativos

Traduzida, a expressão significa “escritório aberto inteligente”. Assim, ao aplicar esse conceito, os 682 m² do projeto arquitetônico da Stiefel GlaxoSmithKline mantém a mobilidade, de tal forma que, todas as salas e ambientes são compartilhados – ou seja, ninguém possui lugar fixo, tornando o ambiente corporativo propício à interação.

“O objetivo era intensificar o exercício de uma cultura de colaboração, além de melhorar a comunicação entre os empregados e excluir qualquer expressão de hierarquia refletida no espaço, incluindo o presidente, que não possui sala individual”, expõem Andrade e Azevedo.

Assim, por estabelecer espaços extremamente integrados e, consequentemente, eliminar a presença de paredes, os custos com a mão de obra e a aplicação de outros materiais diminuem consideravelmente.

Ao contrário dessa ideia de conjunto, as quiet rooms – pequenas salas destinadas à reflexão e a atividades que exigem maior concentração – também foram agregadas ao projeto para garantir privacidade ao profissional em determinados momentos.

Comunicação visual valoriza a identidade da empresa

Nessas salas mais reservadas, a presença da comunicação visual enfatiza o ramo da Stiefel GlaxoSmithKline, através da afixação de fotos que estampam o rosto de modelos e fazem alusão ao cuidado com a pele.

“Além disso, os nomes dos produtos comercializados pela marca seguem gravados nas portas, assim como na recepção, uma vitrine exibe todos os itens do portfólio da instituição”, acentuam os arquitetos Claudia Andrade e Marcos Azevedo.

Da mesma maneira, cada sala de reunião possui uma cor específica. As mais amplas apresentam nas paredes frases com a visão da empresa, que frisam ainda mais a personalidade da companhia.


Fornecedores desta obra

Escritório

Andrade Azevedo Arquitetura6 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2011
Conclusão da obra: 2011
Área construída: 682

Tipo de obra:
Escritórios
Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo