> > > Rebouças 3535

Rebouças 3535

Rebouças 3535
O Rebouças 3535, que fica em Pinheiros, é assinado pelo aflalo/gasperini arquitetos. O projeto de uso corporativo surge nas diretrizes do Plano Diretor de São Paulo (PDE-2014), que determina a altura máxima de 10 m às novas construções na região Foto/Imagem:Daniel Ducci

Ângulos acentuados e espaços vazios

O Rebouças 3535 é o mais novo destaque no coração de Pinheiros, na capital paulista. Assinado pelo aflalo/gasperini arquitetos, o projeto de uso corporativo surge nas diretrizes do Plano Diretor de São Paulo (PDE-2014), que determina a altura máxima de 10 m às novas construções na região, fator que estimulou o desenvolvimento de um partido arquitetônico horizontalizado.

Exemplar dos chamados corporativos boutique - edifícios corporativos de alto padrão, mas em menor escala, o prédio de três andares é ocupado por lajes de escritórios de 765 a 820m². Os pavimentos são caracterizados pela amplitude que foi viabilizada mediante a solução estrutural limpa com balanços laterais, para compensar o grande vão livre central. O núcleo de circulação vertical e sanitários ficam localizados na parte posterior do prédio.

Todos os andares possuem terraços que, além de permitir momentos de descompressão ao dia a dia corporativo, trazem movimentos à volumetria linear através de vazios que ora se abrem na fachada frontal, ora projetam-se nas laterais.

Convidativo

A ampla laje de cobertura é acessível e cercada pelas copas das árvores, criando um ambiente para eventos ao ar livre “Uma das principais diretrizes que norteiam os nossos projetos é o cuidado em criar ambientes eficientes, prezando o bem-estar tanto de quem utiliza o espaço internamente, como de quem transita pelo entorno. Exemplo disso é a implantação que busca criar harmonia com o bairro através da ausência de muros e gradis na parte frontal do edifício e a criação de terraços em todos os pavimentos que, além de permitir momentos de descompressão ao dia a dia corporativo, trazem movimentos à volumetria linear”, acrescentam os sócios-diretores Roberto Aflalo Filho, Luiz Felipe Aflalo Herman, Grazzieli Gomes Rocha e José Luiz Lemos.

No nível da rua, a envoltória do edifício foi projetada para garantir conforto térmico interno e muita iluminação natural. Para o fechamento das fachadas foram utilizados painéis unitizados com vidros serigrafados em faixas horizontais na cor branca, o que reduz a incidência solar e a carga térmica. O térreo é esvaziado em uma ampla marquise, oferecendo permeabilidade visual, alcançando a vista do jardim localizado no fundo do terreno diante de um recuo de 10m, onde, além de ter uma área com plantio de novas árvores, foi criado um grande mural artístico.

Escritório

aflalo/gasperini arquitetos42 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2022

Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo