O cenário é uma reserva de Mata Atlântica original, em São Paulo. O partido, uma respeitável construção que usou o mínimo do terreno e explorou ao máximo soluções inteligentes e sustentáveis | Foto/imagem: Nelson Kon

Os panos de vidro permitem maior aproveitamento da luz natural, já as cortinas de náilon dos quartos oferecem privacidade | Foto/imagem: Nelson Kon

A laje plana de concreto no pavimento intermediário torna-se leve em contraste com o terreno e a vegetação exuberante | Foto/imagem: Nelson Kon

Inserida em um lote de Mata Atlântica original, na praia de Iporanga, a casa se camufla na vegetação | Foto/imagem: Nelson Kon

| Foto/imagem: Nelson Kon

Localizados no último andar, os dormitórios ficam no alto e possuem uma privilegiada vista da copa das árvores | Foto/imagem: Nelson Kon

No segundo pavimento - o da laje de concreto - ficam a cozinha e living, fechados por caixilhos de vidro | Foto/imagem: Nelson Kon

As vigas metálicas estruturais suportam o andar superior, a caixa de madeira | Foto/imagem: Nelson Kon

Os materiais utilizados na construção favorecem a máxima integração entre os ambientes | Foto/imagem: Nelson Kon

A estrutura mista envolve concreto, vigas metálicas e madeira | Foto/imagem: Nelson Kon

1 de 0

Casa em Iporanga

Produtos utilizados no projeto