Canal de contato direto com a

 
Site Telefone
1938267607
    Ver todas as matérias

    Instant Mosaic: pastilhas autoadesivas para revestir e decorar

    Versátil, prática e com efeito mosaico, solução revitaliza ambientes e superfícies diversas

    Redação Galeria da Arquitetura

    A Jatobá traz com exclusividade ao Brasil a linha Instant Mosaic. Além de revestir superfícies de diferentes materiais, as pastilhas autoadesivas da linha acompanham decorações simultâneas e possibilitam customizar objetos de forma livre.

    “A Instant Mosaic chegou no mercado para inovar em todos os sentidos. O usuário pode renovar seus ambientes de forma rápida, eficiente e limpa, além de transformar elementos de decoração e mobiliários desgastados ou que precisam renovar o visual. É um produto versátil, com inúmeras possibilidades”, destaca Natalia Carmona Souza, da área de produtos e merchandising da Jatobá.

    As pastilhas são compostas por folha de alumínio sobre uma resina plástica e um potente adesivo na base. Isso permite que sejam leves e fáceis de cortar, manusear e colar. Estão disponíveis em três modelos com efeito mosaico e dois acabamentos – Platinum e Red Gold –, com dimensão padrão de 30,5 x 30,5 cm.

    SUPERFÍCIES PARA APLICAÇÃO

    • Madeira
    • Parede (cimento)
    • Gesso
    • Cerâmica
    • Vidro
    • Plástico
    • Papel
    • Aço

    INSTALAÇÃO

    Por ser autoadesiva, a solução dispensa mão de obra especializada. Para garantir uma aderência completa, é recomendável que a superfície esteja nivelada, limpa (com uso de álcool) e livre de umidade e oleosidade.

    Para adaptação às superfícies de tamanhos variados, é possível cortar as peças com uma ponta metálica (prego, por exemplo) e, posteriormente, usar estilete ou tesoura para corte de chapas metálicas. A pequena rebarba na parte cortada pode ser desbastada com lixa. As pastilhas não são indicadas para paredes descascando, paredes de tijolo ou de reboco.

    RECOMENDAÇÕES

    Depois da instalação as pastilhas podem ser retiradas, mas correm o risco de sofrer danos. A melhor maneira é forçar a retirada com uma espátula entre a pastilha e a superfície e, ainda assim, é provável que sobrem resíduos de cola na superfície.

     

     

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo