> > > Casa Golgota

Casa Golgota

Casa Golgota
Os arquitetos do Floret.arq buscaram evidenciar a cultura arquitetônica da cidade de Porto na Casa Golgota Foto/Imagem:Ivo Tavares Studio

Arquitetura histórica

Envolvida pelo belíssimo cenário verde de Porto, em Portugal, e pelo rio douro está a Casa Golgota - projeto arquitetônico assinado por Floret.arq. A arquitetura enaltece as características rurais do local: com muros altos, fontes, chafarizes e lavadouros.

A residência encontrava-se totalmente em ruína, tendo sido recuperada utilizando as técnicas e a linguagem arquitetônica convencional da região.

Com a ampliação do projeto foi necessário a idealização de uma cota mais baixa, tirando partido das montanhas. Todos os muros que cercam a morada foram recuperados, tal como os muros de contenção dos morros – que serve de apoio ao jardim que preserva as espécies existentes no local.

Abraçado pela região montanhosa, o projeto está organizado em quatro pavimentos. Dada a pequena dimensão deste edifício, propôs-se a ampliação da área através da introdução de dois novos elementos: um volume para extensão da área da habitação e uma piscina.

A sala de estar ganhou uma estante que organiza a coleção de livros dos moradores Foto: Ivo Tavares Studio 

Novo layout

O novo volume contempla áreas de uso mais público como o átrio de entrada, cozinha, sala de estar e a área de lazer composta pela piscina. Surge implantado perpendicularmente ao edifício existente e é composto por dois pisos, estendendo-se para nascente acompanhando e relacionando-se a várias cotas com os morros existentes no terreno, distribuindo desta forma as diferentes utilizações como as diferentes áreas de estar.

Esta intervenção conseguiu conciliar as necessidades de uma família numerosa com as condicionantes resultantes da recuperação do património edificado respeitando a especificidade do lugar.

A solução encontrada - a acoplagem de um corpo construído em madeira e vidro - permite ampliar a área habitável do edifício preservando a integridade da pré-existência e sem entrar em conflito com esta, ao mesmo tempo que permite uma comunicação plena e eficaz com o jardim.

A escolha da madeira permite, de alguma forma, anular o peso da ampliação relativamente extensa que teve se executar, e diferenciar a intervenção contemporânea do edifício.

A piscina foi projetada de forma a não alterar a topografia do terreno. O resultado global revelou-se bastante harmonioso, sendo que os novos elementos adicionados são praticamente invisíveis para quem circula pelos arredores de Porto.


Escritório

Floret.arq1 projeto(s)

Local: PO, Portugal
Conclusão da obra: 2019
Área construída: 600

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo