> > > Casa João de Barro

Casa João de Barro

Casa João de Barro
Totalmente conectada com a natureza de Itatiba, a Casa João de Barro foi projetada pelo Terra e Tuma para uma família que queria um lar de baixa manutenção, com verde por todos os ambientes Foto/Imagem:Pedro Kok

Abraçada pelas colinas

O município de Itatiba, no interior de São Paulo, é conhecido por possuir relevo acidentado e beleza natural. Quando uma jovem família decidiu se mudar para a região, convidou o escritório Terra e Tuma para dar vida ao seu novo lar – a Casa João de Barro, como foi batizada.

O pedido foi claro: a morada deveria ser totalmente integrada à natureza. “Aproveitamos a vista privilegiada das montanhas e o desnível existente do lote para criar um volume leve e inteligente, sem precisar de grandes movimentações de terra durante as obras”, mencionam os arquitetos Danilo Terra, Fernanda Sakano, Juliana Terra e Pedro Tuma.

Integrada com o terreno

O terreno onde a residência foi implantada potencializou o entorno, e o volume principal parece ter sido encaixado de forma sutil, abrindo espaço para um pátio central – o coração da morada.

Além de ampliar os ambientes de convívio, esse pátio conecta diretamente todos os setores sociais e, juntamente com a piscina, cria uma dinâmica que se molda de acordo com as estações do ano. Chamada de “prainha”, a piscina transborda nos dias quentes ou atua como um espelho d’água que amplia a área durante o inverno. De acordo com os autores, esse pátio central auxiliou na articulação do programa e evitou a construção de mais um pavimento.

A cobertura recebeu um telhado verde que auxilia na proteção térmica e tem a intenção de integrar a residência com a paisagem do entorno Foto: Pedro Kok

Da mesma forma como a integração entre os ambientes sociais internos (sala e cozinha) e externos (pátio e jardim) deveria ser o diferencial do projeto, a casa também precisava acolher os moradores e seus hóspedes de forma confortável e com a devida privacidade.

Sempre em harmonia com o verde

O projeto possui uma central técnica que abriga todas as infraestruturas: bombas da piscina, caixa d´água, sistema de aquecimento de passagem, cilindros de GPL recarregável e ar-condicionado. Dessa forma, a cobertura ficou livre para receber um telhado verde que, além da proteção térmica, tem a intenção de integrar a residência com a cadeia de montanhas do entorno.

“O paisagismo, assinado pelo escritório Gabriella Ornaghi Arquitetura da Paisagem, foi concebido junto com o projeto de arquitetura, pensando na baixa manutenção e maior integração entre as áreas internas e externas”, contam os sócios.

Outra solicitação dos moradores foi o desenvolvimento de um projeto que gerasse baixa manutenção. Para isso, escolheram revestir a fachada com ladrilho hidráulico que, além de precisar de pouco cuidado, passa um aspecto atemporal à estrutura junto com os elementos vazados.

Por fim, o projeto também recebeu materiais cimentícios, laje maciça aparente, piso laje zero (concreto alisado com resina óleo-hidrofugante) e elementos vazados, além de ladrilho hidráulico nos pisos das áreas molhadas.

Veja outros projetos do escritório Terra e Tuma na Galeria da Arquitetura:

Casa Vila Matilde

Casa Maracanã

Espaço Anhembi


Escritório

Terra e Tuma9 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 200

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo