> > > Casa do Lago

Casa do Lago

Casa do Lago
A Casa do Lago é um daqueles projetos de tirar o fôlego. Totalmente conectada com a natureza, a morada é um refúgio para seus moradores, que apreciam as belas vistas de diversos ângulos Foto/Imagem:Eduardo Macarios

Casa luneta

O rio Paranapanema, em Alvorada do Sul (PR), e a natureza exuberante da região formam o pano de fundo dessa residência projetada pelo escritório SOLO Arquitetos. Batizada de Casa do Lago, a morada parece ter sido esculpida em meio à mata como um verdadeiro refúgio para seus moradores, que desejavam um lar de baixo custo que aproveitasse os desníveis do lote, recebesse luz natural e desfrutasse da vista para o lago.

A premissa era desenvolver um projeto arquitetônico singular e que respeitasse o entorno e as características do terreno. “O maior desafio foi o desnível do solo, pois queríamos evitar movimentações de terra. Para isso desenhamos duas barras paralelas conectadas por uma passarela que abriga uma pequena escada, vencendo de forma sútil as diferenças de nível”, conta o arquiteto Arthur Brizola, um dos responsáveis pela projeção.

Por conta do lote estreito, o programa foi organizado em 250 m² e mediante a duas lâminas longitudinais, fazendo com que a residência funcionasse como uma luneta, direcionando o olhar para o lago. Para emoldurar perfeitamente, as janelas foram posicionadas acima de 260 cm, assim, nos fundos da barra social enquadra-se a vista com uma grande porta-janela. Essa inspiração veio das casas de campo brasileiras e do formato do próprio terreno.

Conceito upcycling

A reutilização dos materiais para a construção da casa é um ponto curioso. As pedras que revestem a barra íntima, próxima da rua, são da escavação do próprio terreno e geram uma atmosfera serena para descanso. Já a barra social é feita de tijolos vindos de uma antiga fábrica do morador. A materialidade e cor mais quente do material propiciam um espaço ideal para encontros familiares.

“Este conceito é conhecido como upcycling – quando um material considerado descartável é transformado em outro reutilizável e sem a necessidade de qualquer processo de reciclagem”, explica Brizola.

Barras paralelas

A suíte máster, além de enquadrar, se integra com toda a paisagem devido a uma grande abertura para o lago, como se fosse um mirante particular Foto: Eduardo Macarios

Na barra social o projeto se comporta como um pavilhão, com os espaços bem integrados entre si – salas de estar e de jantar e cozinha. A conexão espacial visa o melhor convívio diário entre os moradores e contato visual com o lago e a natureza de qualquer espaço. Ainda nesse setor, a prolongação da cobertura gerou um grande deck, como um canto de contemplação, que integra o interior com a área de lazer da casa.

A barra íntima recebeu os dois dormitórios, banheiro e a suíte máster que, além de enquadrar, se integra com toda a paisagem devido à uma grande abertura para o lago, transformando-a num mirante particular.

Uma passarela com uma pequena escada interliga os dois volumes construídos e serve como um respiro natural, de onde é possível ver as áreas verdes que marcam presença de uma ponta a outra do lote.

Simplicidade que difere

O projeto é bem simples no sentido tecnológico. Dentro da residência a utilização de conduítes aparentes, para a iluminação, preserva o desenho dos tijolinhos.

Na área de lazer, a piscina recebeu um recurso de cromoterapia para enfatizar o caráter de descanso e lazer que a residência propõe aos seus moradores. Mais adiante, está a capela da Casa do Lago, localizada no eixo do projeto. Sua estrutura é mais um elemento marcante na paisagem do lote. Nela, o projeto luminotécnico enfatiza a estrutura ritmada em pórticos e cria o desenho de ‘cruz’ no altar, a partir da sombra gerada pelos bancos engastados.

Por fim, a utilização de mobiliário assinado por designers brasileiros em conjunto com móveis artesanais e locais foi a solução para trazer mais personalidade ao projeto. “Um dos destaques é a utilização da luminária Lua na sala de estar. Nós assinamos seu desenho e a produção ficou com os parceiros da Dsgn Selo”, conclui Brizola.

Veja mais projetos de casas inspiradoras na Galeria da Arquitetura:

Casa AL, por Studio Arthur Casas

Casa Baroneza, por Candida Tabet Arquitetura

Casa MM, por studio mk27


Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo