> > > Apartamento Panamby

Apartamento Panamby

Apartamento Panamby
As arquitetas do escritório Inside encararam com diversão o desafio de usar muitas cores no projeto de interiores do Apartamento Panamby, em São Paulo. O resultado é um design vibrante e cheio de estilo Foto/Imagem:Mariana Orsi

Autorizadas a colorir

As arquitetas Sara Rollemberg, Fabiola de Souza e Claudia Giancoli, do Inside Arquitetura & Design, foram desafiadas a criar um projeto de interiores vibrante e moderno para o Apartamento Panamby, em São Paulo. Para tanto, uniram seu estilo de trabalho – colorido e criativo – ao da jovem moradora. O resultado é um imóvel cheio de personalidade e com ar de loft, que preza, ainda, pelo conforto e integração.

O programa foi organizado em 97 m² e atende a todas as necessidades da proprietária. “A permissividade por trabalharmos com muita cor foi o desafio mais divertido”, mencionam as profissionais.

Otimização dos espaços

A otimização dos espaços do Apartamento Panamby foi outro desafio, pois foram feitas poucas intervenções estruturais durante as obras. As mais pontuais foram a retirada das portas que dividiam as salas de estar e jantar da varanda, e a realocação do acesso ao lavabo, que inicialmente ficava onde está posicionada a atual mesa das refeições.

Segundo as arquitetas, a união da área de serviço com a varanda foi uma solução que demandou planejamento para guardar itens como escadas, vassouras e máquina de lavar roupas, que podem ser usadas no dia a dia ou isoladas quando o espaço for usado de forma gourmet para receber convidados.

Os vidros da bancada da cozinha – que está bem próxima ao sofá – foram aplicados para isolar e proteger a sala de estar. “A integração dessas áreas sociais foi fundamental para tornar o espaço dinâmico, harmônico e aconchegante”, comentam as sócias. Também foram usadas portas de correr entre o estar e a circulação íntima, no acesso ao lavabo, que lembram portões articulados muito utilizados nos anos 1950, trazendo um ar ‘antigo’ em meio às cores e contemporaneidade do apartamento.

Paleta vibrante

A paleta vibrante é predominante em todos os ambientes do projeto, criando um mix de estilos, com cores perfeitamente harmonizadas e sem restrições. Os materiais e mobiliário casam com todos os espaços em perfeita união.

O piso, revestido por um porcelanato que imita a madeira, percorre todo o apartamento, sem interrupções, garantindo melhor sensação de amplitude no programa enxuto.

A paleta vibrante é predominante em todos os ambientes do projeto Foto: Mariana Orsi

A estante multifuncional posicionada na sala de jantar se integra ao living e à cozinha e dá suporte ao armazenamento de eletrodomésticos, como uma panela de arroz e uma batedeira no estilo vintage que participam do décor. A parede em tijolinhos leva conforto rústico e neutro ao ambiente. O trabalho feito pela equipe da Grafite Arte na sala de jantar colore e faz o mashup de cores que estão salpicadas por toda área e reaparecem no tapete personalizado.

O lavabo também recebeu cores e teve uma decoração caprichada. O desenho na parte posterior do espelho de efeito eclipse foi feito artesanalmente e é uma réplica das cores que aparecem na estante da sala de estar.

Já na suíte máster, a cômoda se destaca por suas linhas em diagonal e cor roxa, além de fazer a vez de roupeiro e complementar a decoração do ambiente. O pendente Mush, assinado pelo designer Jader Almeida, também chama a atenção no design. “A luminária é fabricada à mão, de forma que pequenas bolhas e alterações reforçam as características orgânicas do objeto, dando novas perspectivas sobre o material”, contam as arquitetas.

A varanda da suíte máster foi projetada para ser funcional, sendo que toda a face de uma das paredes recebeu uma estante para os livros de estudos da moradora. Os nichos quebram e criam movimento no design desta peça em marcenaria.

Todas as peças em marcenaria foram desenhadas pela equipe do escritório de arquitetura e produzidas por marcenaria própria.

Piso em ladrilho hidráulico com estampa retrô e azulejos revestem os dois banheiros do apartamento.

Sustentabilidade

Com foco na sustentabilidade, a luz natural foi explorada ao máximo nos ambientes. Como todas as portas que segmentavam as áreas foram retiradas, liberou constante entrada de luminosidade, que pode ser dosada pelas cortinas instaladas.

Todas as lâmpadas são em LED, de forma que a energia é revertida em iluminação e não em calor, o que torna o consumo econômico. “Utilizamos dimmers através da automação, para controle da intensidade luminosa das lâmpadas. Há também sensores de presença no lavabo, para que os efeitos de luz sejam acionados apenas quando de fato o espaço estiver sendo utilizado”, concluem as arquitetas.

Veja mais projetos de apartamentos na Galeria da Arquitetura:

Apartamento Ipiranga, por Bruno Moraes Arquitetura e Interiores

Apartamento da Bancada Coringa, por Casa 100 Arquitetura

Apartamento VB, por F.studio arquitetura + design


Escritório

Inside Arquitetura & Design4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 97

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo