> > > Louvre Sofitel Hotel in Foshan

Louvre Sofitel Hotel in Foshan

Louvre Sofitel Hotel in Foshan
O Louvre Sofitel Hotel in Foshan fica no prédio mais alto de Foshan, na China. Ele tem 325 quartos, inúmeras áreas ao ar livre, um bar com bela vista e dois restaurantes, um deles dedicado a culinária italiana Foto/Imagem:CCD/ Cheng Chung Design (HK)

Mistura do Ocidente com o Oriente

O Louvre Sofitel Hotel in Foshan ocupa 239 metros do edifício mais alto de Foshan, província de Guangdong, na China. O escritório CCD (Cheng Chung Design), de Hong Kong, utilizou o espaço grandioso para abrigar o amplo projeto paisagístico, uma cozinha dedicada à culinária italiana e 325 quartos.

Recepção

O acesso ao hotel se dá por uma praça inspirada em Lingnan – área geográfica ao sul das Montanhas Nanling, também em Guangdong. Na praça, há uma lagoa com uma fonte em estilo francês que acompanha o visitante até o hall de entrada.

O salão onde fica a recepção oferece aos hóspedes a sensação de naturalidade e luxo ao mesmo tempo. De um lado, a vista é para um jardim ocidental ao ar livre, e do outro, vê-se o salão onde ocorre uma exposição permanente de móveis.

Já no lounge executivo, a palavra-chave é elegância. Nesse ambiente, foi explorada a cultura regional, como as imagens de Foshan Hills em telas de vidro.

325 quartos e quatro estilos

Para acomodar os visitantes, o hotel dispõe de 325 quartos luxuosos com quatro estilos diferentes: chinês, francês, pós-moderno e moderno.

O chinês é composto de móveis e esculturas de madeira, tijolos e cerâmicas inspirados no artesanato popular da região de Lingnan. A madeira clara usada nos móveis combina perfeitamente com o piso de mármore colorido, em uma clara referência ao cenário tradicional/novo da China.

“Jardim do céu” é o nome dado aos dormitórios com temática francesa. Nesses quartos, os tons predominantes são o branco, o dourado e os que lembram madeira. As mesas e cadeiras curvas com bordas douradas são delicadas e deixam o espaço requintado. Na cabeceira da cama, uma coroa esculpida reforça a sensação de nobreza.

Quarto com estilo chinês Foto: CCD/Cheng Chung Design (HK)

Os quartos pós-modernos esbanjam traços simétricos, cores sóbrias (como branco e preto) e decoração suave, com artesanatos e objetos decorativos europeus.

Por fim, os dormitórios modernos são compostos de blocos simples e materiais que misturam delicadeza e aspereza. O layout do espaço lembra habitações de Lingnan.

Comida italiana em solo chinês

O restaurante Italiano ocupa 700 m² do 39° andar. Esse espaço é dividido em quatro salas de jantar, uma área para degustação de queijos italianos e um salão VIP. A decoração com mobília e mosaicos italianos deixa o ambiente confortável e elegante. No andar de cima fica o bar, com design baseado nas Thirteen Hongs of Canton (Treze Fábricas de Canton), que formavam o principal centro comercial nas dinastias Ming e Qing. Essa época é lembrada até hoje pelas relações comerciais liberais entre o oriente e o ocidente, o que promovia intercâmbio cultural.

Salão de banquetes – um espetáculo à parte

O hóspede que percorrer o 7º, o 8º e o 9º andar vai deparar com o suntuoso Salão de Banquetes inspirado no Museu do Louvre e no Palácio de Versalhes, ambos em Paris, na França. O intuito é reproduzir o design clássico e fornecer uma privilegiada vista para o jardim vertical externo que ocupa os três andares.

Veja outros projetos de hotéis na Galeria da Arquitetura

Hard Rock Hotel, da CL3

GZ Conrad Hotel, do CCD (Cheng Chung Design)

Hotel Carmel Cumbuco, do Marcus Novais Arquitetura


Escritório

CCD (Cheng Chung Design)6 projeto(s)

Local: FO, China
Conclusão da obra: 2017
Área construída: 6.0000

Tipo de obra:
Hotéis
Tipologia:
Lazer e Turismo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo