> > > Residência VG

Residência VG

Residência VG
A Residência VG possui um programa extenso. Com direito a seis suítes, garagem para seis carros, cinema e academia, a casa idealizada pelo Progetta Studio parece um clube privado Foto/Imagem:Lio Simas

Clube privado

Numa área de intervenção de mais de 1,6 mil m², a Residência VG contempla um programa extenso, com direito à seis suítes, garagem para seis carros, cinema e academia. Localizada num condomínio da badalada praia catarinense de Jurerê Internacional, a casa idealizada pelo Progetta Studio parece um clube privado.

Como explicam os arquitetos Fábio Silva e Allan Chierighini, o projeto arquitetônico foi desenvolvido em três pavimentos setorizados por uso: subsolo com garagem e serviços; térreo com área social e lazer; superior dispondo as áreas íntimas.

No térreo encontram-se os principais ambientes da residência. Numa planta limpa disposta em “L”, eles ficam integrados entre si e, principalmente, em relação à área de lazer por conta dos longos panos de vidros que envolvem boa parte das fachadas.

Nessa área é a piscina anexa a um espelho d’água que chama toda a atenção. Ambos foram projetados de forma linear para criar uma grande raia, como um pano de fundo à grande área verde que circunda a casa. Ali próximo também foram acomodadas a sauna e a sala de banho da residência.

Residência VG - Clube privado
Planos verticais e horizontais – que lembram os traços marcantes do arquiteto americano Frank Lloyd Wright – ressaltam uma arquitetura limpa, sem adornosFoto: Lio Simas

Já no segundo andar estão distribuídas as seis suítes, cada qual com as suas especificações. O maior destaque desse pavimento é o extenso corredor de circulação que, pensado pelos arquitetos como uma varanda, mantém-se especialmente voltado para a vista da piscina.

Design contemporâneo

Seguindo os traços marcantes do arquiteto americano Frank Lloyd Wright, Silva e Chierighini desenharam a Residência VG com amplos planos verticais e horizontais, que ressaltam uma arquitetura limpa, sem adornos.

O design da casa também foi inspirado na arquitetura brasileira. Em tons terrosos, os grandes beirais, pergolados e marquises são alguns dos elementos que evidenciam isso. “Eles se fazem necessários num país tropical como o nosso, seja para proteger ou simplesmente para fazer a transição entre exterior e interior”, esclarecem os arquitetos.

As linhas contemporâneas permitem que os materiais sobressaiam e “falem” por si só. Os móveis em madeira de demolição trazem o conforto da fazenda aos moradores, assim como as pedras que revestem as paredes de alguns ambientes, como o home office. Outros materiais, como couro, tijolos, vidro, inox e metal preto, reforçam as referências do campo.

O projeto de iluminação, também assinado pelo Progetta Studio, destaca todos os ambientes da Residência VG. Os arquitetos priorizaram o uso de lâmpadas de LED e luminárias pretas de embutir.


Escritório

Progetta Studio2 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Início do projeto: 2015
Conclusão da obra: 2016
Área construída: 1600

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo