> > > Perro Libre Tap Room

Perro Libre Tap Room

Perro Libre Tap Room
Um sistema de autoatendimento traz liberdade aos clientes da cervejaria Perro Libre Tap Room, que desfrutam de um ambiente despojado criado pelo Tellini Vontobel Foto/Imagem:Cristiano Bauce

Bar self-ceva

O nome da cervejaria Perro Libre – que em português significa “cão livre” – já diz muito sobre o projeto arquitetônico de sua primeira casa: a Tap Room, instalada no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS). O escritório Tellini Vontobel Arquitetura criou um bar inovador baseado no que os proprietários chamam de “self-ceva”. A partir de um dispositivo tecnológico, os clientes podem escolher quanto desejam consumir, para então servirem-se automaticamente numa das torneiras de chope.

O sistema utilizado no Perro Libre Tap Room chama-se MyTapp e funciona da seguinte forma: o cliente faz o cadastro e ganha um cartão que possui função semelhante ao “limite de crédito”. Ao inserir quantos reais pretende gastar na cervejaria, basta o consumidor aproximar o cartão numa das leitoras que abrirá a torneira na quantidade ideal. Ao lado de cada uma delas, iPads dão informações sobre o quanto já foi consumido naquele momento e no total.

A madeira cria um contraste com outros materiais de aspecto mais ‘frio’, como o inox (freezer), a cerâmica branca (paredes) e o cimento queimado (piso)Foto: Cristiano Bauce

São dez torneiras servindo diferentes tipos de cervejas artesanais da Perro Libre. Segundo as arquitetas Natasha e Evelise Tellini Vontobel, o maior desafio foi dispor um lugar para os barris de chope, tendo em vista a área reduzida de 85 m².

Para resolver isso, as profissionais optaram por deixar os recipientes à mostra. Tudo ficou alojado embaixo das torneiras, dentro de um grande freezer de inox, com portas de vidro e iluminação interna.

Ambiente otimizado

Outra opção que contribuiu para a otimização do espaço foi o mobiliário. Mesas comunitárias e banquetas altas liberam o fluxo de circulação e dão liberdade aos clientes do Perro Libre Tap Room. Com exceção dos assentos internos, todos os móveis foram desenhados pela equipe do escritório Tellini Vontobel, que misturou a estrutura metálica preta com compensado de madeira pinus.

Além de oferecer mais conforto, esse material ‘quente’ também estabeleceu um contraste interessante com outros materiais de aspecto mais ‘frio’, como o inox (freezer), a cerâmica branca (paredes) e o cimento queimado (piso).

Para gerar ainda mais conforto, as arquitetas amenizaram a altura do pé-direito com a instalação de um sistema de vigas metálicas, que sustenta as luminárias industriais e os spots cênicos de par 20.

Escritório

Tellini Vontobel Arquitetura5 projeto(s)

Local: RS, Brasil
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2017
Área construída: 85

Tipo de obra:
Bares
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo