> > > Casa Navio

Casa Navio

Casa Navio
Uma “casca” de concreto armado envolve toda a parte térrea da Casa Navio e define a volumetria deste projeto assinado pela Construtora Arc Teto. A inspiração veio da própria natureza Foto/Imagem:Talita Xavier Fotografia

Concreto em curva

Uma “casca” de concreto arredondada abraça todo o térreo da Casa Navio e define a volumetria deste projeto assinado pela Construtora ArcTeto. Enquanto a parte frontal se fecha para o sol do norte através da madeira, a posterior mantém-se aberta para a área de lazer em função das janelas e portas de vidro.

Como contam as arquitetas Érika e Maria Luisa Adorno, autoras do projeto arquitetônico, a inspiração para a “casca” veio das formas da natureza. Ao envolver a parte térrea, ela garante a similaridade das fachadas (norte/sul), exceto pelos volumes que compõem o corpo superior.

Acessos pelas laterais

Em termos de acesso, a Casa Navio dispõe os caminhos nas laterais do terreno. Na porção que fica à direita, o painel de madeira ripada protege a garagem e, adiante, uma escada presa à parede conduz à área de lazer descoberta. Nesse ambiente, a principal atração é o jardim vertical que se estende por quase todo o deck de madeira.

Do outro lado, uma pequena passarela com guarda-corpo de vidro direciona o visitante a uma porta pivotante que caracteriza a entrada principal da residência. Quando fechada, ela se mimetiza ao volume de madeira que reveste a fachada principal. Segundo Érika e Maria Luisa Adorno, vale lembrar que o material é ecológico, pois substitui a madeira natural por um composto de pó de madeira e polímeros.

Casa Navio - Concreto em curva
Outras duas suítes fazem parte do volume branco que foi inclinado a leste para permitir a entrada do sol da manhãFoto: Talita Xavier Fotografia

Desse mesmo lado também é possível acessar diretamente a área de lazer externa. Abaixo da passarela do acesso principal, a passagem segue marcada por lajes de quartzita micácea em meio a britas e ao jardim.

Devido ao desnível do terreno, a casa conta ainda com um salão multiúso que fica 1,40 metro abaixo do nível da área de lazer ao ar livre. “Vigas e pilares em concreto aparente, bem como o forro de cedrinho, conferem um aspecto mais aconchegante ao ambiente”, descrevem as arquitetas.

O volume do segundo andar, que abriga suíte máster com closet, banheiro e caixa d’água, fica em balanço sob a varanda. Erguida em vigas de concreto protendido, a estrutura reduz o peso das cargas permanentes e, por isso, diminui os custos em relação às fundações.

Ainda no andar de cima, outras duas suítes fazem parte do volume branco que foi inclinado a leste para permitir a entrada do sol da manhã.

Aberturas ao sul

A Casa Navio abre-se para o sul (fundo) através de amplas aberturas. No pavimento térreo, grandes portas de correr em alumínio e vidro integram os ambientes internos à varanda, estendendo o estar. Para conectá-los visualmente à área de lazer, que fica um nível abaixo, foi utilizado guarda-corpo em vidros temperado e laminado.

Desse mesmo material são feitos os guarda-corpos do segundo pavimento, que ainda possui três grandes portas-balcões de correr, proporcionando uma vista privilegiada.


Escritório

Construtora ArcTeto1 projeto(s)

Local: GO, Brasil
Início do projeto: 2012
Conclusão da obra: 2014
Área do terreno: 479
Área construída: 347

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo