> > > Longchamp Paris

Longchamp Paris

Longchamp Paris
A Carbondale restaurou a fachada de um edifício construído no século XVI e adaptou os espaços internos às necessidades da loja Longchamp de Paris Foto/Imagem:Karim Daher

Tons de luxo

Como não poderia ser diferente, a loja da Longchamp, em Paris, corresponde ao universo luxuoso e feminino no qual está inserida a grife francesa. A Carbondale, escritório de arquitetura francês fundado por Eric Carlson, restaurou a fachada de um edifício construído no século XVI e adaptou os espaços internos às necessidades da butique. De fora para dentro, a La Maison Saint Honoré (como foi batizado o projeto arquitetônico) mostra por que veio instalar-se na esquina das ruas Saint-Honoré e Saint-Florentin – o coração da moda parisiense.

A Carbonale, que também executou o projeto de interiores das filiais da Longchamp em Nova Iorque, Hong Kong e Londres, inaugurou a loja de Paris em outubro de 2016. Já da fachada, que ganhou nova pele de limestone e vitrines térreas maiores, é possível impactar o olhar de quem passa pelo local. Isso acontece em função das janelas, que receberam banners metálicos de cor bronze e deram personalidade urbana ao conjunto. À noite, a iluminação evidencia ainda mais a arquitetura do histórico prédio.

Sofisticação em materiais

Dividida em três níveis, a Longchamp Paris teve os espaços organizados de acordo com cada categoria de produto, como bolsas, acessórios, sapatos e roupas. Por exemplo, o andar intermediário acomodou a parte de vestuário e calçados, enquanto o térreo abrigou o carro-chefe da marca: as bolsas. Essas peças, aliás, são exibidas em painéis suspensos de pátina, em tom bronze claro, bem como em prateleiras de madeira com nuances de madrepérola, que reforçam a sofisticação da butique.

Longchamp Paris - Tons de luxo
A fachada ganhou nova pele de limestone, vitrines térreas maiores e banners metálicos de cor bronze, que deram personalidade urbana ao conjuntoFoto: Karim Daher

Os três andares mantêm-se integrados por um vão central, que permite avistar os espaços a partir de qualquer ponto da La Maison Saint Honoré. É neste vazio que foram inseridas duas escadas, cortando o projeto com extrema delicadeza.

A primeira delas fica alinhada de um lado por uma parede facetada e curva, feita de aço inoxidável polido e madeira pau-rosa envernizada; e do outro lado, pelo relevo com recortes geométricos sobre o couro. Já a segunda escada segue cercada por um guarda-corpo reluzente, em bronze e níquel, que conduz os clientes ao último piso do edifício.

Esses mesmos detalhes dourados estendem-se para o segundo andar. Desta vez na forma de uma grande faixa de metal que percorre todo o espaço, desde o chão até o teto. Conforme escreve o arquiteto americano Eric Carlson, responsável pelo projeto, essa fita faz referência à emblemática bolsa “Pliage”, além de unificar o ambiente, filtrar a luz natural e destacar as roupas.

O piso de mármore italiano na cor creme, aplicado em todos os ambientes da Longchamp Paris, também contribui para estabelecer a conexão entre eles. Apenas em alguns espaços, como no segundo pavimento, ele foi encoberto pela tapeçaria artesanal de lã.


Escritório

Carbondale4 projeto(s)

Local: PA, França
Conclusão da obra: 2016

Tipo de obra:
Lojas
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo