> > > Casa Crivellente

Casa Crivellente

Casa Crivellente
O terreno em meio círculo definiu o partido arquitetônico da Casa Crivellente, concebida pelo escritório Gil Carlos de Camillo Arquitetura Foto/Imagem:Erich Sacco

Mirante a leste

A conformação do terreno em meio círculo definiu como se desenvolveria a Casa Crivellente, situada num cul-de-sac (expressão utilizada para referir-se às ruas sem saída) em Campo Grande (MS).

Assinado pelo arquiteto Gil Carlos de Camillo, o projeto também foi conduzido pela orientação solar da residência. Sua insolação poente aos fundos inverteu a lógica, de modo que área de serviço, cozinha e dormitórios se alojam na parte de trás, enquanto a área de lazer fica na face frontal do terreno. Dessa forma, o acesso social se dá através desse setor. “Uma passagem feita de pedra sobre a lâmina d’água conduz a circulação ao deck e à varanda, com a piscina envolvendo parte da edificação”, complementa o arquiteto.

Casa Crivellente - Mirante a leste
O bloco da sala de estar projeta-se sobre a piscinaFoto: Erich Sacco

Para Gil, o grande diferencial do projeto é a setorização. Entre as áreas íntima e de serviço (que foi inserida no centro da planta para a churrasqueira ficar próxima à cozinha), surge um pátio conectando os dois setores. Com exceção deles, todos os ambientes sociais se voltam para os visuais da área de lazer.

Fachadas

Sobre a piscina estende-se o patamar da escada tal como um mirante, que segue protegido tanto pelo guarda-corpo quanto pela imponente cobertura revestida de ACM. Por sua vez, a estrutura avança sobre a volumetria da edificação, cujo efeito impacta no design da Casa Crivellente.

Nessa fachada sul estão as grandes aberturas de vidro laminado, que conferem ampla iluminação e ventilação natural aos ambientes. Além desse material, Gil também aponta a utilização de textura, alumínio composto, vidro temperado, laminados decorativos, vidro temperado e painéis de madeira. “A partir deles, a casa mantém o estilo contemporâneo numa sequência conceitual e de vocabulário formal”, define Gil.

Interiores

Como o morador tem muito apreço por arquitetura, o projeto de interiores – também realizado pelo escritório Gil Carlos de Camillo Arquitetura – foi considerado uma extensão da construção, subordinando-se a ela. Segundo o arquiteto, optou-se basicamente por móveis e obras de arte na mesma linguagem arquitetônica da casa.


Escritório

Gil Carlos de Camillo Arquitetura7 projeto(s)

Local: MS, Brasil

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo