> > > CASA22

CASA22

CASA22
Marcada por uma volumetria simples, a CASA22 encanta com seus brises e estilo veraneio em meio à paisagem gaúcha Foto/Imagem:Marcelo Donadussi

Transparência em dois blocos

A simplicidade da volumetria e a integração dos ambientes internos e externos é o que diferencia a CASA22 na pequena cidade litorânea de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul. Há muita transparência e permeabilidade no térreo Cristiano Hoffmann Assinada pelo arquiteto Cristiano Hoffmann, titular do escritório Hola Arquitetura, a residência sintoniza com a natureza, tornando-se parte do cenário sulista.

Seguindo os princípios básicos do modernismo, com precisão, rigor, economia e universalidade, o projeto arquitetônico une geometria e transparência em apenas dois blocos – distribuídos em 300 m² – que foram desenvolvidos para servirem de base para a estrutura plana da casa, em que o design foi o ponto forte para a conclusão.

Cubo translúcido

O programa da CASA22 resolve-se nos dois volumes que se sobrepõem um ao outro, apoiados por um paredão de pedra aos fundos, que dá solidez à obra.

Hoffmann conta que tanto ele quanto os moradores queriam uma residência prática e funcional, com formas puras dentro do programa desejado – com dois livings e uma sala de jantar –, e que tudo funcionasse de maneira independente.

Um grande cubo branco translúcido garante o espaço interativo e a versatilidade às áreas sociais no primeiro piso, além de servir como suporte ao espesso bloco de concreto do pavimento superior. “Na parte de baixo, temos muita integração, transparência e luminosidade. Deixamos o máximo de espaço para os pátios”, complementa o arquiteto.

O segundo andar recebeu de ponta a ponta e em toda a sua lateral leste um imenso painel de brises de madeira retrátil, que, além de filtrar a entrada direta da luz solar, incumbe-se de dar privacidade aos dormitórios sem perder a claridade durante o dia. “No segundo pavimento, trabalhamos um volume com mais privacidade, resguardado por um grande brise-soleil de madeira que dá a transparência necessária para iluminar os quartos, todos voltado para o leste, onde está o pátio principal”, completa Hoffmann.

CASA22 - Transparência em dois blocos
O primeiro pavimento é um grande cubo branco translúcido, que dá versatilidade às áreas sociais no piso do térreoFoto: Marcelo Donaducci

O volume do pavimento inferior ganhou forma com vigas invertidas que foram encaixadas para estruturar levemente o bloco. Este dispõe do extenso jardim como elemento de apoio e destaque e do acesso livre à área de lazer, um dos lugares mais convidativos da casa, beneficiado pela presença da paisagem natural.

Design de interiores

Mesmo com o layout independente, as duas salas de estar da CASA22 contam com a opção de integração completa no primeiro pavimento. “Há muita transparência e permeabilidade no térreo”, enfatiza o arquiteto sobre as funcionalidades do bloco.

O rasgo longitudinal na extensão do andar superior a oeste e na janela retangular frontal no volume de cima proporcionam leveza ao design de interiores, contribuindo para a iluminação natural e para a elegância do espaço.

De acordo com Hoffman, os destaques no projeto de interiores da residência são a mesa da sala de jantar e a ilha gourmet. Esses dois pontos classificam a singela característica construção litorânea. “O destaque do mobiliário é para a mesa de jantar para 12 pessoas em madeira louro amazonense e as cadeiras eames na cor amarela, para dar alegria ao ambiente”, conclui o arquiteto.

Fornecedores desta obra

Escritório

Hola Arquitetura1 projeto(s)

Local: RS,Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2014
Área do terreno: 396
Área construída: 300

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo