> > > Firmorama

Firmorama

Firmorama
O projeto do estúdio Firmorama foi criado pelo escritório Metroquadrado® seguindo as premissas de um trabalho livre Foto/Imagem:Michael Arafat

Trabalhando sem barreiras

O estúdio de design e ilustração Firmorama está localizado em Jaraguá do Sul (SC), onde ocupa uma sala comercial de pé-direito duplo, composta por térreo e mezanino. Seu projeto arquitetônico foi idealizado por Marcos Deretti Lopes, Miguel Cañas Martins e Luis Eduardo S. Thiago, arquitetos e sócios do escritório Metroquadrado®.

Com fachada envidraçada de 7 m de altura, o estiloso escritório possui ampla vista para uma rua do centro da cidade.

Diretrizes para o layout

Os arquitetos desenvolveram espaços que favorecem tanto o trabalho criativo quanto a sociabilidade entre os colegas. “Observamos o movimento dos funcionários, a forma como trabalham e as ferramentas que utilizam. Assim, o Firmorama é um espaço vivo, e as pessoas podem escolher entre interações mais coletivas ou processos mais imersivos”, contam.

O projeto buscou mais horizontalidade e ambientes sem barreiras entre os trabalhadores e seus espaços, instigando o uso múltiplo e não estático dos espaços. O híbrido cozinha/café/bar integra-se de forma natural ao cotidiano, e a bancada de trabalho, assim como a escada, que se tornou uma pequena arquibancada, contribui para a interação e incita momentos de celebração e diálogos entre a equipe.

Cubo lúdico e criativo

Um “cubo” de OSB (do inglês Oriented Strand Board, ou Painel de Tiras de Madeira Orientadas) de aproximadamente 10 x 4 x 2 m foi criado para abrigar a área de trabalho dos designers e organizar os espaços do Firmorama. Através dele, criou-se uma circulação de entrada lateral, antes inexistente, de 13 m de comprimento, lembrando um túnel.

“A circulação criada sugere um percurso a ser experimentado como uma área de transição entre a rua e o ambiente de trabalho, transformando-se também em galeria e instigando a curiosidade dos visitantes”, expõem os arquitetos.

Firmorama - Trabalhando sem barreiras
Um “cubo” de OSB abriga a área de trabalho dos designers e norteou o projeto Foto: Michael Arafat

A frente do cubo tornou-se uma vitrine para rua, na qual acontecem exposições de trabalhos e instalações artísticas. Ao final da circulação, descobrem-se as demais áreas, todas integradas: copa, espaço de estar, áreas de trabalho, banheiros e o acesso ao mezanino. No pavimento superior, dois espaços são protagonistas: uma área multiuso, focada em trabalhos colaborativos, workshops e reuniões informais, e a sala de reuniões do estúdio.

Personalidade Firmorama

Cada ambiente de trabalho possui características próprias. A maioria das paredes é pintada de preto, para ser utilizada como lousa pelos designers, principalmente durante workshops abertos ou reuniões da equipe. Outro ponto que chama a atenção é o piso de grama sintética, que trouxe frescor e ludicidade ao ambiente. As mesmas chapas de OSB que formam as paredes do cubo da área de trabalho também revestem forros e paredes da sala de reuniões.

A cor verde – característica do padrão cromático da marca Firmorama – também aparece na pintura do teto do mezanino. Por último, toda a marcenaria do mobiliário de trabalho utilizou materiais simples e econômicos: ela é composta por pés de ferro com pintura a pó e tampos de MDF ao natural apenas selados e envernizados.

Veja outros escritórios corporativos na Galeria da Arquitetura:

Sede do Walmart.com, escritório Estudio Guto Requena

Linkedin, escritório Dante Della Mana

Youtube Space, escritórios Aleph Zero e Rosenbaum®


Escritório

Metro Quadrado7 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2014

Tipo de obra:
Escritórios
Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo