> > > Campus Igara UFCSPA

Campus Igara UFCSPA

Campus Igara UFCSPA
Projetado pelo escritório OSPA – Arquitetura e Urbanismo, o Campus Igara UFCSPA foi criado com a ideia de ser mais que uma instituição pública, e sim ser um espaço para o público Foto/Imagem:Divulgação OSPA – Arquitetura e Urbanismo

Gentileza urbana

O escritório OSPA – Arquitetura e Urbanismo extrapolou os objetivos de um edifício público ao projetar o Campus Igara UFCSPA como um espaço que deixa de ser apenas uma instituição pública para ser um espaço público, voltado para a comunidade do entorno.

“Em um contexto urbano ainda em formação, o Campus Igara surge como potencial elemento articulador das relações espaciais e humanas que o circundam”, completa a arquiteta Carolina Souza Pinto. O projeto possui uma praça fluída e permeável, em contraponto à densidade volumétrica que a solução programática sugere em uma primeira abordagem.

Conectado com a cidade

O projeto é composto por um lote e duas faces conectadas com a cidade. Um eixo longitudinal, acessível e convidativo, interliga as duas faces e interfaces que, apesar da diferença hierárquica, são igualmente necessárias à formação do quarteirão.

“O programa se desenvolve como extensão natural da calçada. O espaço aberto articula as funções do Campus, que vão muito além das atividades acadêmicas. Um exemplo disso são o acesso e controle independentes aos diversos usos, que fomenta e atrai uma diversidade de usuários”, relata. Além dos dois edifícios elevados, haverá atividades exclusivas da academia. Uma gentileza urbana.

Etapas de construção

A segunda etapa de expansão do campus, através do zoneamento proposto, será feita com acesso direto a partir da rua, evitando conflito de fluxos com o dia a dia da instituição. “Toda a estrutura proposta, tanto da segunda quanto da primeira fase, vale-se de um sistema construtivo misto de aço e concreto, tração e compressão, que otimiza o tempo de execução, a redução de resíduos, a economia e a adequação ao partido proposto”, explica a arquiteta.

Iluminação e ventilação natural

“Os edifícios serão construídos com menor carga térmica e mais ventilação e iluminação natural. Internamente, os fluxos do campus serão simplificados através de escadas abertas e convidativas e do uso de elevadores. Esta segunda etapa constitui o grande gesto do projeto, a articulação entre as principais funções de um campus, com suas áreas de interação informal e de convivência, que permitem ir além da formação técnica”, finaliza.


Escritório

OSPA10 projeto(s)

Local: RS, Brasil
Início do projeto: 2014
Área do terreno: 24.600
Área construída: 26.385

Tipo de obra:
Universidades

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos da Galeria da Arquitetura.

(55 11) 3879-7777

Fale conosco Anuncie

Outros produtos da e-Construmarket

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo