> > > Grand Prix Investimentos

Grand Prix Investimentos

Grand Prix Investimentos
Escritório aposta em projeto inovador e cria espaço de convívio com cozinha gourmet para oferecer atendimento personalizado aos clientes Foto/Imagem:Nelson Kon

Descontração e negócios

Oferecer um atendimento diferente, com reuniões ao ar livre e de maneira despojada. Esse era o diferencial que a empresa de fundo de investimentos Grand Prix buscava para a idealização de seu escritório, localizado em uma cobertura duplex em São Paulo.

De acordo com a arquiteta Gisele Conde, da Gebara Conde Sinisgalli Arquitetos, a empresa exigiu a criação de salas de reunião e espaços sociais na cobertura para tratar seus clientes de forma personalizada. “Um dos sócios da empresa gosta de cozinhar informalmente e teve a ideia de instalar uma cozinha gourmet, para eventualmente receber seus investidores. Viabilizamos então a cozinha inserida em um jardim, com contato direto à sala de reuniões principal”.

A cozinha externa integrada ao jardim possui uma mesa para dez pessoas e compõe o terraço, que é visto como a área de convívio do escritório – por também ter acesso direto a partir da entrada. Além disso, a cobertura conta com duas salas de reunião. “A caixilharia das salas permite a integração visual com o terraço, com o paisagismo e a cidade”, ressalta.

Paisagismo e iluminação

Essencial para a concepção e valorização do terraço e da cozinha gourmet, o projeto paisagístico optou pela inserção de hortaliças e frutíferas para dialogar diretamente com a área gastronômica.

O imóvel passou por uma reforma e precisou se adaptar à estrutura anterior. A arquiteta explica que o projeto luminotécnico minimizou as interferências existentes. “Na recepção, por exemplo, o projeto valoriza o espaço entre as vigas criando efeito de caixas retangulares de luz”, destaca.

Materiais e soluções

Para proporcionar mais flexibilidade ao espaço foram inseridas portas retráteis entre as salas de reunião. Elas permitem aumentar ou diminuir os ambientes, atendendo as necessidades da empresa de acordo com o porte dos encontros e reuniões.

A madeira é o material predominante do projeto. “Ela é usada no mobiliário, no piso da recepção e das salas de reunião. Também é vista no revestimento dos vasos e bancos do terraço, inserida no projeto paisagístico”, conclui Gisele.

 


Fornecedores desta obra

Carpetes

Interface

Escritório

Gebara Conde Sinisgalli Arquitetos4 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2011
Área construída: 320

Tipologia:
Corporativo

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo