> > > Casa Lucerna

Casa Lucerna

Casa Lucerna
Arquitetura da Casa Lucerna, projetada pelo escritório argentino Estúdio Moirë Arquitectura, valoriza as aberturas nas fachadas e a integração com a paisagem do entorno Foto/Imagem:Ramiro Sosa

Moldura para o entorno

Os arquitetos Mariel Cámara e Ezequiel Muñoz lideram o Estúdio Moirë Arquitectura, fundado em 2007. A Casa Lucerna, um de seus projetos mais recentes, executado em 2015, propõe criar uma conexão entre a residência com a paisagem de seu entorno – a construção fica na localidade de La Caleta, 25 km ao norte da cidade de Mar del Plata, na província argentina de Buenos Aires.

“Nossa ideia arquitetônica baseou-se em duas premissas essenciais: o relacionamento da casa com o ambiente, que traz a relação com a natureza e ainda deixa entrar a iluminação natural, e a resposta às condições climáticas para todo o ano”, explica o arquiteto Ezequiel Muñoz. “O visual tornou-se o principal objetivo do projeto. Analisar como a paisagem é percebida a partir da residência e como a casa é observada a partir do parque foi um dos requisitos definidos pelo estudo”, conta o arquiteto Mariel Cámara.

Influência Modernista

A casa, cuja arquitetura tem forte influência modernista, é formada por dois volumes retangulares sobrepostos em forma de ‘L’. Essa geometria é valorizada pelos recortes e aberturas da envoltória. Além disso, a combinação do revestimento externo branco e das esquadrias pretas cria, segundo os arquitetos, contraste e profundidade.

Casa Lucerna - Moldura para o entorno
No andar térreo estão dispostos os ambientes sociais – sala de estar e sala de jantar, cozinha, escritório, banheiro e lavanderia Foto: Ramiro Sosa

O andar térreo é a primeira fase do projeto e foi desenvolvido para que pudesse operar de forma independente, sem atrapalhar os proprietários na segunda etapa da obra, quando seria feita a expansão da residência. Ali estão dispostos o hall de entrada, a sala de estar e a sala de jantar, a cozinha – que é integrada à área externa por meio dos painéis de vidro –, um escritório, o banheiro e a lavanderia.

A sala de estar é composta por grandes janelas fixas que convidam o usuário a contemplar a área externa. As janelas desalinhadas nas fachadas orientadas ao sul funcionam, para um observador no interior da casa, como molduras para a paisagem.

Já a segunda fase previa a construção do volume superior, com espaço suficiente para que o casal criasse seus filhos. Ali estão as áreas privadas da casa, com dormitórios e banheiros. A sobreposição dos volumes permitiu ainda criar um estacionamento coberto no térreo e um terraço na cobertura.

Escritório

Estudio Moirë Arquitectura3 projeto(s)

Local: BU,Argentina
Início do projeto: 2012
Conclusão da obra: 2015
Área construída: 140

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

SlideshowDesenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo