> > > CNM

CNM

CNM
Arquitetura da sede da CNM deveria traduzir a importância do edifício para o País Foto/Imagem:Divulgação Estúdio 41

Arquitetura simbólica

Um projeto de apelo nacional. A responsabilidade do Estúdio 41 ao projetar a sede da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) era criar um espaço que traduzisse a partir da arquitetura a importância do edifício para o País.

‘Pilotis’, embasamento e caixa suspensa

O programa, inserido em Brasília, é marcado pelo ‘pilotis’ que recebe o fluxo das pessoas que vêm da rua. Neste saguão se distribuem as entradas do público e dos funcionários.
No embasamento estão os pavimentos inferiores que comportam as garagens. Já no topo há uma área exclusiva para eventos. Já a caixa suspensa é destinada a abrigar as áreas de uso administrativo.

Acolhimento e meio ambiente

Junto à edificação estão a praça ampliada da rua e o pátio ajardinado. A junção de uma grande área com a via urbana, além dos 20 m de recuo frontal, acaba com as sensações de distanciamento e de não permanência, considerando as grandes avenidas e poucos espaços de proveito público na cidade.

Já o grande pátio central ajardinado significa a divisão da área construída com o meio ambiente, se configura como um ‘oásis’ que serve de refúgio ao clima seco da cidade e ainda confere iluminação e ventilação naturais à edificação.


Escritório

Estúdio 4114 projeto(s)

Local: DF, Brasil
Área do terreno: 10200

Tipo de obra:
Prédios Administrativos
Tipologia:
Governamental

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo