> > > Estádio Heriberto Hulse

Estádio Heriberto Hulse

Estádio Heriberto Hulse
Sem alterar a estrutura original, Estádio Heriberto Hülse passa por reforma que implica no novo projeto da fachada e redefinição cromática da parte interna Foto/Imagem:Divulgação Douglas Piccolo Arquitetura e Planejame

Estádio remodelado, tradição mantida

Passado, presente e futuro se confundem no futebol. Ao preservar a tradição sem deixar de lado a contemporaneidade na reformulação do Heriberto Hülse – importante estádio de Criciúma, Santa Catarina, – o escritório Douglas Piccolo tentou adequar o projeto que acabou se tornando uma ‘colcha de retalhos’, uma vez que o complexo foi construído em várias etapas, sem uma estrutura modulada de boa qualidade.

“A proposta de uma nova ordenação que ignorava a modulação existente foi considerada para o projeto das fachadas, juntamente com o entorno variável, estabelecendo um ritmo para cada uma das faces”, explica o arquiteto Douglas Piccolo.

Redefinição cromática

Douglas conta que a estrutura e os pilares do estádio não têm harmonia nos espaçamentos, nem tampouco nas dimensões. E o revestimento é aleatório, ou seja, uma parte em pastilha e a outra em argamassa pintada.

“A redefinição cromática da parte interna foi o primeiro passo para obter unidade arquitetônica, explorando elementos de características fortes e condizentes com a importância histórica do Heriberto Hülse”, afirma.

Para tanto, o saneamento visual das inconsistências foi apoiado em uma estética única derivada de fragmentos do símbolo do time de futebol – peças de cerâmica e pintura nas cores preto, amarelo e prata.

Fachada com plasticidade rejuvenescida

A cobertura, reconstruída conforme o projeto original, entra em harmonia com o projeto de uma fachada desenvolvida com estrutura metálica e revestimento com telhas galvalume na cor natural. Sobre este revestimento, criar-se-á um mosaico do mesmo material que remeterá ao símbolo do clube na tricomia já citada.

“Definimos uma infraestrutura metálica leve de chapa dobrada e telhas padronizadas que serão colocadas a 45 graus em função da diagramação dos elementos gráficos do time. Essa fachada levemente inclinada e em conjunto com os elementos visuais atingirá nova plasticidade, mais rejuvenescida, que aperfeiçoará seu simbolismo na paisagem urbana da cidade. Isso tudo sem influenciar na forma original do estádio”, complementa.


Fornecedores desta obra

Escritório

Douglas Piccolo Arquitetura11 projeto(s)

Local: SC, Brasil
Início do projeto: 2013
Conclusão da obra: 2015

Tipo de obra:
Estádios
Tipologia:
Esporte

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo