> > > Arne Garborgsei 18

Arne Garborgsei 18

Arne Garborgsei 18
Anexo de uma residência rompe com os padrões das edificações vizinhas e atende aos anseios dos moradores Foto/Imagem:Pasi Aalto

Espaço vital

Na cidade norueguesa de Trondheim, certo volume constrastante surge conectado a uma residência, cujos traços revelam sua construção datada de 1950. Quando os moradores – um casal com dois filhos pequenos – contrataram o TYIN tegnestue Architects, o desejo era desfrutar de novos ambientes para o convívio familiar. A partir disso, a equipe do escritório concebeu o Arne Garborgsei 18, uma extensão da casa que quebra a monotonia das edificações existentes devido ao formato curioso e aos diferentes materiais de acabamento. Na concepção dos arquitetos responsáveis pelo projeto arquitetônico, Andreas G. Gjertsen e Yashar Hanstad, criou-se um espaço descontraído que respeita a remota residência.

Segundo os profissionais, a ideia era manter as características da morada existente e, ao mesmo tempo, destacar o anexo. A opção, então, foi revestir a fachada com a madeira de pinho norueguês – mesmo material utilizado em outro projeto do escritório, chamado Naust Paa Aure. Gjertsen e Hanstad também elaboraram um desenho irregular que abre mão do espaço térreo para maximizar os andares de cima, onde estão os ambientes de convivência.

Arne Garborgsei 18 - Espaço vital
Uma estante se une à escada que leva ao mezanino e também pode ser usada como assentoFoto: Pasi Aalto

Além das pequenas aberturas, as amplas janelas voltadas para a rua reforçam a ruptura com a aparência das tradicionais casas norueguesas. Sem contar a altura e a inclinação do teto, que foge da uniformidade típica das propriedades construídas na área durante os anos 1950 e 1960. Para os arquitetos, mesmo com o passar do tempo, será evidente que os dois volumes foram concebidos em períodos diferentes.

Interior do anexo

Um recuo marca a entrada do Arne Garborgsei 18. De um lado, ele conduz a um corredor flanqueado por dois ambientes de serviço (casa de banho e lavanderia); do outro, se conecta ao coração da casa existente.

Mas é no piso de cima que está o grande difencial do anexo. Ali, a nova sala multiúso possui pé-direito alto, que permite a instalação de um mezanino equipado com guarda-corpo de vidro. Esse espaço cumpre uma das solicitações dos proprietários que era, justamente, proporcionar um local para os filhos brincarem dentro de casa.

E a proposta lúdica não para por aí. Uma estante montada ao longo da sala se une à escada que leva ao mezanino e também pode ser usada como assento. Como ela está aos pés de uma janela quadrada – instalada na parede frontal e de maneira inclinada –, os moradores têm diversas percepções da rua.

Revestindo o interior do anexo, os painéis de contraplacado de bétula norueguesa são cortados em diferentes tamanhos, deixando à mostra juntas e parafusos.


Escritório

TYIN tegnestue Architects12 projeto(s)

Local: HJ, Noruega
Início do projeto: 2011
Conclusão da obra: 2014

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo