Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Projeto Moradias Infantis concorre a prêmio internacional de arquitetura

Reformado pelo escritório Aleph Zero e Marcelo Rosenbaum, ‘Moradias Infantis’ está entre os finalistas do Prêmio Internacional Riba 2018 (projeto: MORADIAS INFANTIS / Escritórios: Aleph Zero e Rosenbaum® / Foto:Leonardo Finotti)

Texto: Pedro Miranda

14/09/2018|16:25 – O projeto Moradias Infantis, realizado pelos arquitetos do escritório Aleph Zero em conjunto com Marcelo Rosenbaum, está entre os quatro finalistas do Prêmio Internacional Riba 2018. A premiação visa a eleger o projeto que “exemplifique a excelência em design, a ambição arquitetônica e tenha um impacto social relevante”.

A premiação, que ainda não possui data definida, é feita de dois em dois anos e reúne projetos do mundo todo. O vencedor da última edição foi o projeto peruano do campus da UTEC (Universidad de Ingeniería y Tecnología). 

PROJETO

Os escritórios Aleph Zero e Marcelo Rosenbaum assumiram a reforma do projeto Moradias Infantis da Fundação Bradesco. Localizado na zona rural da Fazenda Canuanã, no município de Formoso do Araguaia (TO), o internato acolhe crianças e jovens com faixa etária entre 7 e 18 anos.

A instituição conta com mais de 23 mil m² e é separada em duas vilas (uma para meninos e outra para meninas). A área para moradia conta com 45 dormitórios que comportam seis alunos cada. Os ambientes de convivência foram feitos com base em propostas sugeridas pelos alunos e contam com sala de TV, espaço para leitura, varandas, pátios, redários, auditório, área para brincar, entre outras.  

FINALISTAS

‘Moradias Infantis’ concorre com outros três projetos:

Central European University - Phase 1

Campus de uma universidade em Budapeste – Hungria

Toho Gakuen School of Music

Escola de música em Tóquio – Japão 

Bosco Verticale

Torres sustentáveis em Milão – Itália 

Loading