Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Mulheres representam 62,6% dos arquitetos e urbanistas no Brasil

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, CAU/BR divulga dados que constatam: arquitetas e urbanistas representam 62,6% dos profissionais no Brasil (foto: shutterstock/nd3000)

Texto: Lucas Barbosa

08/03/2018|16:00 – Não só no dia 8 de março, mas o mercado de arquitetura e urbanismo no país é das mulheres. Segundo dados divulgados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), há mais de 97 mil arquitetas e urbanistas atuando em território nacional – representando uma fatia de 62,6% dos profissionais.

Para se ter uma ideia da presença feminina no mercado, os estados de Alagoas, Espírito Santo e Rio Grande do Norte têm mais de 70% de arquitetas e urbanistas ativas. Já em São Paulo, elas são 30.747 mil, contra 19.622 homens atuantes. Entre as atividades do setor, as profissionais têm maior participação nos segmentos de projetos (54,92%) e execução (32,04%).

Mulheres de destaque

Dentre diversas mulheres marcantes da arquitetura e do urbanismo brasileiro, podemos destacar Rosa Grena Kliass, arquiteta pioneira do paisagismo no país. Ela foi a responsável pelos projetos paisagísticos da Avenida Paulista (1973), de revitalização do Vale do Anhangabaú (1981) e do Parque da Juventude (inaugurado em 2004 e finalizado em 2007), que foi premiado pela Bienal de Arquitetura de Quito em 2004.

Outro expoente da profissão é Raquel Rolnik. Relatora especial do Conselho de Direitos Humanos da ONU para o Direito à Moradia Adequada (de 2008 a 2014), é doutora em Urbanismo pela Universidade de Nova York, nos EUA. Além disso, também foi diretora de Planejamento da Prefeitura de São Paulo (1989 a 1992) e secretária de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003 a 2007).

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo