Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Dicas eficazes para um bom projeto estrutural

Além de garantir a estabilidade e segurança do edifício, o sistema de estruturas também racionaliza a edificação e garante maior economia.

Créditos: © Dimitar Sotirov

Redação Galeria da Arquitetura

O sistema estrutural de uma construção consiste na disposição racional e adequada de diversos elementos que mantêm a edificação em pé — como vigas, lajes e pilares. Elaborado por engenheiros civis, o projeto conta com cálculos e dimensionamentos que evitam patologias e, no pior dos casos, desabamentos.

Além da questão da segurança, o projeto estrutural também assume compromisso com a economia e durabilidade da obra. Para isso, é necessário racionalizar os componentes e especificar adequadamente a fundação e os materiais.

O posicionamento e pré-dimensionamento dos elementos estruturais deve ser feito sobre o projeto arquitetônico, sempre respeitando aspectos de estética, economia, funcionalidade e resistência a ações horizontais.

DICAS

- O posicionamento dos pilares deve ser, preferencialmente, nos cantos e encontros das vigas, com distanciamento de 2,5m a 6m.
- Posicionar os pilares atrás de portas, em cantos com armário embutido, nas paredes e outras regiões não muito nobres do pavimento-tipo, evitando com que a estrutura fique aparente.
- Certificar-se de que as posições lançadas no pavimento-tipo estão adequadas às do subsolo (térreo e garagens).
- Conciliar e ratificar, junto ao arquiteto, a melhor posição estrutural para os pilares
- Sempre que possível, posicionar as vigas de forma que elas formem pórticos com os pilares. Isso vai enrijecer a estrutura ante as ações do vento.
- Verificar se é possível esconder tubulações e afins por meio de forros e outros elementos de revestimento, para evitar rebaixamento de lajes.

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo