Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Casa elevada


Um terreno no meio da mata atlântica foi o escolhido pelo arquiteto escocês, George Mills, para construir um refúgio a seis metros do chão. A ideia era aproveitar a vista e criar um vão que não impedisse a passagem dos animais.

 

Simples e funcional, a casa é feita de concreto, que tem baixa manutenção e absorve o calor e a umidade mais lentamente.


A parte interna da casa tem excelente ventilação e incidência de luz natural. Os pisos, janelas e móveis foram produzidos com madeira recuperada de demolições. Os encanamentos de água foram instalados nas colunas que sustentam a casa, que também escondem a instalação elétrica.


O objetivo de Mills era criar um local que funcionasse como uma possibilidade de reaproximação com a imensa e exuberante biodiversidade que a natureza nos traz – exemplo disso é que da casa é possível tocar a copa das árvores apenas esticando os braços.









Crédito/fonte da foto: Divulgação terra
Fonte do post: Terra – vida e estilo e UOL – Discovery descubra o verde

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo