> > > Galeria Cosmococas

Galeria Cosmococas

Galeria Cosmococas
Produzida em concreto, Galeria interfere de forma radical na topografia Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Arte integra paisagem

Para fazer parte do Centro de Arte Contemporânea Inhotim, localizado em Brumadinho, Minas Gerais, a Galeria Cosmococas foi implantada em uma área de expansão do parque. O moderno edifício, idealizado com o propósito de reunir cinco obras da série Cosmococa (1973), de Hélio Oiticica e Neville d´Almeida, foi construído em um terreno de declividade acentuada com um belo telhado verde que o integra à paisagem circundante.

De acordo com a arquiteta Paula Zasnicoff, do escritório Arquitetos Associados, é essa relação entre o edifício e seu entorno a característica principal do projeto. “A obra é uma intervenção radical na topografia, que reforça sua presença ambígua como um artefato de pedra construído quando vista de baixo, e como uma cobertura verde quando vista do alto”.

Materiais predominantes

Estruturada em concreto a Galeria Cosmococas recebeu vedações em alvenaria nas áreas interna e externa, além de placas de pedra lagoa santa no hall de entrada. Nas salas, dispostas de forma independente, as paredes em drywall contam com isolamento termoacústico e são adequadas para a instalação e configuração das obras de arte.

Organização de espaços

A galeria é composta por cinco salas expositivas que não obedecem a uma hierarquia, para que os visitantes transitem de forma livre. As obras do programa Cosmococa são transmitidas por projeções nas paredes escuras de pé-direito duplo.

Escritório

Arquitetos Associados18 projeto(s)

Local: MG,Brasil
Início do projeto: 2009
Conclusão da obra: 2010
Área construída: 835

Tipo de obra:
Galerias de arte

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

SlideshowDesenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidadesfechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo