> > > Edifício Kiev 104

Edifício Kiev 104

Edifício Kiev 104
As esquadrias ocupam toda a fachada do Edifício Kiev 104 e, quando abertas, criam um vão de 6,4 metros Foto/Imagem:Marcelo Donadussi

Fachada livre

A rua Kiev, localizada no bairro Passo D´Areia, zona norte de Porto Alegre (RS), é cercada por muitas árvores. No número 104, especificamente em frente à Praça Ucraniana, um edifício desfruta desse cenário bucólico, com a fachada formada apenas por esquadrias. A ideia do escritório Arquitetura Nacional era estabelecer uma franca conexão dos apartamentos com a paisagem, mas ainda assim propiciar um convívio individualizado a cada morador.

É a partir dessa lógica que o Edifício Kiev 104 se configura sobre o lote retangular: as unidades têm plantas em L, de modo que a parte mais larga (voltada para a rua) recebe as áreas sociais, enquanto a de maior comprimento (aos fundos) acomoda os dormitórios, ganhando maior privacidade.

Segundo a arquiteta Paula Otto, a construção do prédio surgiu de um desejo pessoal do casal de arquitetos Eduardo Maurmann e Elen Balved Maurmann – parceiros de Otto no Arquitetura Nacional e também responsáveis pelo projeto arquitetônico . “Eles queriam morar próximos à família. A ideia era permitir que o filho repetisse suas histórias de infância, crescendo junto aos avós”, comenta.

Áreas íntimas privilegiadas

Paula Otto afirma que o objetivo do projeto era proporcionar um convívio individualizado e muita privacidade aos moradores do Edifício Kiev 104. Isso implicava priorizar a configuração dos apartamentos em detrimento das circulações e dos espaços condominiais. “Nós otimizamos essas áreas para liberar espaço para as unidades, permitindo que elas contassem com 136,70 m²”, explica.

Assim, cada apartamento ocupa um andar inteiro do prédio. Além do direito a duas vagas de garagem (térreo), os moradores têm espaço suficiente para acomodar um programa comum (sala e cozinha) com até três dormitórios. Levando em conta a privacidade dos usuários, os ambientes sociais – que se destacam pela laje de concreto aparente – ficam à frente do lote, enquanto os quartos permanecessem nos fundos.

Edifício Kiev 104 - Fachada livre
As áreas socias se destacam pela laje de concreto aparenteFoto: Marcelo Donadussi

Um trunfo do projeto foi posicionar as áreas molhadas em duas extremidades, dando flexibilidade de planta baixa na área íntima dos apartamentos. Para Otto, é possível organizar tanto uma situação mais tradicional quanto uma versão um pouco mais diferente, como uma grande suíte com closet anexo ao escritório, por exemplo.

Com a laje plana, os apartamentos seguem livres de vigas, as quais foram empregadas apenas no núcleo central de circulação do edifício, onde passam despercebidas. Outra vantagem desse tipo de estrutura é que ela possibilita um pé-direito com 2,8 metros de altura.

Esquadrias

Além da disposição dos apartamentos ser diferenciada, o Edifício Kiev 104 expõe na fachada frontal sua principal característica: as esquadrias, cujas folhas de vidro medem 3,2 x 2,4 metros e ocupam toda a face do prédio. Ao se abrir, a janela da sala de estar oferece um vão livre de 6,4 metros, com vista voltada para a praça.

Para intensificar a sensação de amplitude, as esquadrias foram fixadas na parte frontal da viga, assim nem mesmo os trilhos atrapalham o visual. Na descrição de Otto, “a sala inteira se transforma em uma grande varanda”.

Escritório

Arquitetura Nacional6 projeto(s)

Local: RS,Brasil
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2016
Área do terreno: 297
Área construída: 1000

Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

SlideshowDesenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidadesfechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo