Galeria da Arquitetura

Um jeito diferente de ver o mundo da arquitetura.

Open House: um centro cultural dobrável


A pequenina cidade de York na Pensilvânia, Estados Unidos, é conhecida pela grande quantidade de edificações abandonadas e pela escassez de espaços públicos para as pessoas da região.

Pensando de forma para lá de inovadora e criativa, Matthew Mazzotta criou o Open House, que era uma pequena casinha abandonada localizada no coração da cidade, e que agora é um espaço público capaz de acomodar até 100 pessoas. O local funciona como um centro de apresentações de artistas locais, ponto de encontro para os moradores, espetáculos de dança, shows de música e até como um cinema ao ar livre, tudo gratuito.

O que nos impressiona de verdade é o tipo de projeto que Mazzotta utilizou na construção. A estrutura do Open House é dobrável e, quando fechada, volta a ser uma simples casinha comum da rua. Bastam três pessoas e é possível abri-la.

“A grande beleza do projeto é poder fornecer a estrutura e as pessoas se apropriarem do espaço… quando você olha para as pessoas dançando, você pensa: Uau, isso costumava ser um terreno abandonado”, diz Mazzotta.


Crédito/fonte da foto: Crônicas de Heroes
Fonte do post: Arquitetura Sustentável

Loading
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo